11 de abr de 2013

Smartphones e Tablets terão seus preços reduzidos devido a redução de impostos

Com a chamada “Lei do Bem” para tablets já sancionada e sendo aplicada no país, é a vez do governo federal voltar os olhos para eletrônicos menores do que eles, os Smartphones. Tais gadgets ainda custam caro aqui no Brasil, até aqueles que são montados localmente como no caso da Motorola Mobility. Um novo projeto do Ministério das Comunicações, pretende reduzir em até 30% o preço deles por meio dos incentivos fiscais já oferecidos em alguns casos.


O objetivo é nobre: aumentar o acesso da população das classes C/D/E a esses aparelhos e, consequentemente, à internet, algo que já foi provado que tais classes do povo brasileiro almeja bastante. Para isso os smartphones seriam incluídos na mesma Lei do Bem que hoje desonera certos tablets no país, reduzindo a zero a taxa de IPI e também de PIS/Cofins dos aparelhos.

Segundo o Ministério das Comunicações, a medida faria com que os impostos sobre Smartphones fossem diminuídos em 31% no total. Não há ainda uma data para quando a medida pode ser sancionada.


O ministro informou que o compartilhamento de antenas para acesso móvel a internet, tanto nas redes 3G como 4G, entrará em prática ainda este ano, logo após a votação do Plano Geral de Metas de Competição (PGMC) prevista para dia 30 de outubro. Bernardo destacou que a medida valerá para novas antenas instaladas após a aprovação do plano, assim como para dutos e outros locais que necessitem de instalação de cabos das empresas.

Se você esta pensando em trocar seu celular por um Smartphone ou mesmo comprar um Smartphone melhor do que já possui, com certeza deve esperar por mais alguns meses e dessa forma economizar seu dinheiro, já que o prometido foi uma redução no valor desses aparelhos. Lembrando que não são todos os aparelhos que entraram nessa linha de redução de preço.